Tudo que você precisa saber sobre Design Thinking



Antes de mais nada, se você busca resolver problemas cotidianos de um jeito criativo e inovador, o Design Thinking é o processo perfeito para você. É uma abordagem guiada pela resolução de problemas, e para isso, propõe práticas de investigação do interesse das pessoas e constante busca pela melhor experiência para quem é destinado o produto ou o serviço. Com o objetivo de inovar para melhorar a vida do usuário, o Design Thinking segue um protocolo útil para a real descoberta dos interesses e dos problemas enfrentados pelas pessoas. Ele baseia-se em pesquisa e validação de hipóteses, mas traz uma abordagem mais subjetiva, indo além dos números e levando em conta as emoções e as necessidades individuais.

gif

Seus principais aspectos são focados: Na resolução de problemas; Centrado no ser humano; Interesse profundo em descobrir as necessidades das pessoas; Questionamento de premissas e verdades; Ampliação da visão sobre desafios; Encontrar soluções inovadoras, criativas, não óbvias e viáveis a todos; Participação do usuário na construção dos resultados; Processo iterativo. Fases do Design Thinking As fases desse processo não necessariamente se dão nessa ordem. Como o foco do Design Thinking é resolver problemas com base no que pode ser melhorado para o usuário, é uma abordagem que não tem início, meio e fim.




EMPATIZAR Trata-se do processo de compreender o público: quais são suas dificuldades, necessidades, objetivos, dores e desafios. DEFINIR Com base nas informações coletadas na etapa anterior, o processo busca definir qual desafio da vida do usuário a empresa busca resolver. IDEALIZAR Aqui você já compreendeu o usuário e suas necessidades e também já analisou e sintetizou os insights desse processo, além de ter detectado o problema a ser resolvido. Agora, com essas informações, é hora de começar a pensar “fora da caixa”, objetivando encontrar novas soluções para os desafios postos. É essencial reunir o máximo de ideias e de saídas possíveis nesta fase. Contar com diferentes pontos de vista, com uma equipe


PROTOTIPAR A equipe deve escolher quais ideias da etapa anterior têm maiores chances de darem certo. Criar protótipos de produtos e serviços é uma forma de reduzir falhas, além de gerar economia para a empresa. Com os testes realizados, a equipe deve decidir se a ideia já pode ser implementada ou se mais ajustes devem ser feitos.


TESTAR Na última etapa do design thinking, é hora de levar a solução ao público. O produto ou serviço já pode ser lançado no mercado, seguindo uma estratégia de comunicação e publicidade estabelecida pela área de marketing.

gif

Mas o processo não termina necessariamente por aqui, já que o produto pode sempre estar em constante evolução para sempre melhorar a experiência do usuário.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo