Dicas para design de layout

Antes de começar a criar o layout, o designer precisa entender qual é o propósito da peça e qual é o seu público. O briefing fornecido é o que norteia o designer, e o objetivo do projeto pode ser atrair novos clientes, promover a venda de produtos específicos, anunciar promoções, notificar o lançamento de novas marcas, etc.


Espaço entre elementos, imagens personalizadas de alta qualidade, ferramentas de pesquisa interna eficazes e formas criativas de convidar os usuários a interagir. Juntos, esses elementos definem a visão que as pessoas terão dos seus projetos.


Levando isso em consideração, criar um layout de qualidade é uma regra básica para gerar bons resultados e fixar a marca junto do consumidor. Por isso, listamos cinco dicas básicas para que seu projeto conte com uma comunicação eficiente.


1. Equilíbrio das cores


As cores são o que mais remetem a identidade visual de uma empresa, ou seja, as cores utilizadas no seu layout precisam ter alguma relação com a empresa.


Além disso, cada cor é interpretada de uma forma diferente e, por conta disso, geram sensações diferentes. Uma boa para trabalhar com cores é não exagerar nas saturações.


2. Considere seu objeto


O layout deve ser pensado juntamente com o objetivo do seu negócio. Assim, se seu negócio é voltado para e-commerce, então o layout terá algumas particularidades relacionadas a esse segmento.

Que por sua vez será diferente de um layout destinado para um projeto de viagens, por exemplo. O layout deve seguir o seu segmento.

3. Cuide com a hierarquia das informações


Se, em seu layout, todo conteúdo tem a mesma importância, nenhum é importante de verdade.


O correto é analisar e julgar o que é de fato mais importante e com base nisso, essa informação merece ter mais ênfase no seu trabalho.


4. Mantenha um padrão visual


É importante definir qual é o seu padrão de layout para que o cliente não sinta que está conhecendo uma nova empresa toda vez que recebe um material seu.


Determinar um padrão faz com que o consumidor bata o olho nos seus flyers - por exemplo - e logo de cara reconheça de qual empresa se trata.



5. Crie personas


Personas são exemplos que humanizam e individualizam um mercado-alvo específico. Os personas auxiliam na criação de usuários hipotéticos que representam o seu público-alvo.

O principal objetivo da criação de personas consiste na tentativa de identificar e conhecer o seu cliente em um nível mais individualizado.


8 visualizações0 comentário