A história e a utilização do calendário


De acordo com algumas pesquisas, os sumérios foram os responsáveis por desenvolver o primeiro calendário na história, por volta de 2700 a.C., na Mesopotâmia. Depois, o calendário foi aprimorado pelos caldeus que possuía 12 meses lunares, de 29 ou 30 dias, que serviu de base para o que viria a ser elaborado pelos judeus. O mês iniciava a cada lua nova, o ano tinha 345 dias, deixando uma diferença comparado ao calendário solar. Como solução, os caldeus acrescentaram um mês a cada três anos. Os egípcios criaram o primeiro calendário solar, por volta do terceiro milênio antes de Cristo, mais preciso e com 365 dias. Atualmente, nós utilizamos o calendário gregoriano, ele não tem influência da movimentação dos astros e foi concebido em 1582 pelo papa gregório XXIII, que reformulou o calendário herdado do império romano, de juliano.


Não há dúvidas de que a história por trás do calendário é cheia de reformulações e percursos históricos. O que se faz inegável é como ele representa uma ferramenta fundamental para qualquer pessoa, seja nos estudos ou no trabalho. Hoje, a personalização de calendários é uma prática comum, as empresas utilizam como estratégia de branding, outras pessoas o fazem para deixar o seu ambiente esteticamente mais pessoal. Razões não faltam para isso, assim como, as possibilidades de personalização são infinitas. A WL impressões é especialista em imprimir calendários e se você ainda não tinha pensado ou já tem uma ideia em mente, entre em contato com a gente, podemos te ajudar.


11 visualizações0 comentário